Benvinda Abrantes e Joaquim Félix – “Beijo dos namorados”

Benvinda Abrantes e Joaquim Félix – “Beijo dos namorados”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1395

Gravado em Santo Amador, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Coro Masculino e Coro Feminino da Casa do Povo da Amareleja – “Amareleja bela tem lindos olhos”

Coro Masculino e Coro Feminino da Casa do Povo da Amareleja – “Amareleja bela tem lindos olhos”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1397

Gravado na Amareleja, a 26 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Isabel Machado – “Ganhão”

Isabel Machado – “Ganhão”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1392

Gravado em Largo dos Quartéis, em Moura, a 24 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Grupo Coral Feminino da ADASA – “Há no Alentejo”

Grupo Coral Feminino da ADASA – “Há no Alentejo”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1399

Gravado em Santo Amador, a 26 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Grupo de amigos a cantar o Alentejo – “Adeus que me vou embora”

Grupo de amigos a cantar o Alentejo – “Adeus que me vou embora”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1020

Cantadores: Rui Ramos (alto), Luís Linhas Roxas (Ponto), Vicente Graça, Hélder Palma, José Andaluz

Gravado em Moura, no Bairro da Mouraria, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Povo que ainda canta no Baixo Alentejo

Também Moura, através de 4 dos 45 filmes realizados no âmbito da iniciativa “Moura a gostar da sua música e dos seus músicos“, promovida pela ADCMoura, integra este episódio dedicado ao Baixo Alentejo, exibido ontem à noite, 18 de Junho de 2015, na RTP2.

Foi o 22º de um conjunto de 26 episódios da série documental “O povo que ainda canta“, realizada por Tiago Pereira.

Diz-se, na sua apresentação:

“Mondadeira alentejana vai mondando e vai cantando cantigas aos seus amores.” Na monda, na ceifa, para “passar mais depressa a hora” ou para fazer esquecer a fome, entre mulheres e entre homens, o cante tem raízes profundas e mantem-se até hoje com um fulgor e imponência crescentes. Neste episódio da série “Povo que Ainda Canta”, mais do que de conversas ou entrevistas, é através das paisagens do Baixo Alentejo e das letras das modas que mergulhamos nas origens desta tradição musical tão enraízada quanto viva. A ligação telúrica ao Alentejo está presente de forma transgeracional”.  in http://media.rtp.pt/opovoqueaindacanta/episodios/baixo-alentejo/

Grupo de amigos a cantar o Alentejo – A palavra Saudade

Grupo de amigos a cantar o Alentejo – “A palavra Saudade”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1022
Gravado em Moura, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

DSC03348
DSC03345
DSC03343

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: José Ferreira

24 Junho de 2014

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos continua com a cabeça na mesma nuvem. A nuvem da música electrónica.

Continua também sob o clarão dos projectores que desfazem as sombras da noite e expõem o claustro do convento do Carmo até aos recônditos mais ocultos.

O cruzamento dos dois focos de luz encontra o músico convidado, José Infante Ferreira, à espera do sinal do Tiago para avançar. Silêncio. Claquete. Música.

Ao silêncio monástico sucedem-se ecos, ressonâncias, reverberações, que, por instantes, convocam até nós os passos dos cavaleiros de  S. João de Jerusalém sobre este mesmo chão há mais de oitocentos anos. Se aqui estivessem, juntar-se-iam à rave ou será que nos mandariam para os quintos do inferno com o fio das suas espadas?

Rimos para dentro com a primeira hipótese e estremecemos por fora com a segunda tal qual a borboleta que agora bate as asas, atraída pela luz, e solta ondas de choque no delicado equilíbrio de forças da noite.

Depois do arroubo, fica o calor no ar, que não combina com a fonte seca do claustro.

O que vale é que temos encontro marcado com umas imperiais no cimo da avenida.

Filipe Sousa

 

Ficha Técnica
José Ferreira
Moura / Convento do Carmo// 23.00 // gravações
Música electrónica

Alinhamento
Klã

Realização
Tiago Pereira

Som
Telma Morna

Fotografia
ADCMoura

Produção
ADCMoura

DSC03332
DSC03333
DSC03336
DSC03338
DSC03337

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: André Ferreira

24 Junho de 2014

A música electrónica tem também lugar reservado no Moura a gostar da sua música e dos seus músicos. A abrir duas peças performativas de André Infante Ferreira sob o alter ego de Goran Titol. Os títulos não poderiam ser mais inusitados: Lago do amor onde os ovos são postos e Convenção das cebolas azuis.

Ambas gravadas no cenário improvável do convento do Carmo, ou do que resta dele, numa fusão arrojada entre o passado e o futuro.

Em busca do fio da história, percorremos corredores devolutos à luz da lanterna até desembocarmos no claustro, o palco das gravações. Ao centro, o pátio interior tomado pela vegetação e no centro deste a silhueta de uma palmeira.
Descarregado o material, improvisa-se um par de mesas para receber os instrumentos deste concerto surreal: computadores, videoprojector, sampler, mesa de mistura.

Dois projectores de luz e as imagens de vídeo sincronizadas com a música resgatam das trevas as colunas em fundo cobertas de heras. Fazendo brilhar os olhos das osgas turcas que se passeiam pelas paredes.

O ambiente é de puro onirismo, e a dado momento temos todos a sensação de que andam fadas e duendes à solta no claustro encantado.

Filipe Sousa

 

Ficha Técnica
André Ferreira
Moura / Convento do Carmo// 22.00 // gravações
Música electrónica

Alinhamento

Lago do amor onde os ovos são postos
Convenção das cebolas azuis

Realização
Tiago Pereira

Som
Telma Morna

Fotografia
ADCMoura

Produção
ADCMoura

André Ferreira – “Convenção das cebolas azuis”

André Ferreira – “Convenção das cebolas azuis”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1088
Gravado no Convento do Carmo, em Moura, a 24 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Amigos do Praça Forte – “Ardinita”

Amigos do Praça Forte – “Ardinita”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1085
Gravado em Moura, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Vádemodas – Menina Florentina

Vádemodas – “Menina Florentina”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1020
Gravado em Moura, na Taberna do Liberato, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Papoilas em Flor – Em chegando a Primavera estão os campos floridos

Grupo Coral Feminino“Papoilas em Flor – “Em chegando a Primavera estão os campos floridos”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1042
Gravado em Santo Aleixo da Restauração, a 26 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Grupo Ideal Alentejano – Há lobos sem ser na serra

Grupo Ideal Alentejano – “Há lobos sem ser na serra”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1041
Gravado em Moura, na Taberna do Liberato, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

José Pedro Cardas – “Bandoleiro” Versão dos Ciganos d`Ouro

José Pedro Cardas – “Bandoleiro” Versão dos Ciganos d`Ouro

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1025
Gravado em Santo Aleixo da Restauração, a 24 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

Grupo de amigos de Santo Amador – Açorda de Alho

Grupo de amigos de Santo Amador – “Açorda de Alho”

A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1023
Gravado em Santo Amador, a 25 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014

DSC03317
DSC03319
DSC03320
DSC03327

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: All Emotions Day

24 Junho de 2014

E agora algo completamente diferente, mas a que o eclectismo da Música Portuguesa a Gostar Dela Própria já nos habituou.

A bonança terá que esperar porque a tempestade vai redobrar de intensidade. Uma tempestade perfeita formada pelo rock corrosivo dos All Emotins Day. Precisando melhor, uma mistura explosiva de screamo, metal, southern rock, death metal. Um batido com estes ingredientes só pode resultar numa batida brutal, com os decibéis sempre a

DSC03305
DSC03307
DSC03309
DSC03310

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: Luís Martins

 24 Junho de 2014

A chuva está para lavar e durar, mas agora abrandou até deixar de se ouvir na cobertura do terraço. Sentados num sofá, o Tiago e a Telma avaliam a consistência da trégua, entreolham-se, e decidem arriscar. Esta será a única gravação em casa do próprio cantautor. Chez Luís Martins, com diria Delphine, a sua cara-metade.

A água reluz no chão do terraço e espelha todos os passos dos preparativos, numa corrida contra o tempo: disposição dos microfones, afinação da viola, sound check, captação de fotografias. A trovoada ronda por perto e, já não

Luís Martins – Já houve quem nisso acreditasse

Luís Martins – “Já houve quem nisso acreditasse”
A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1017
Gravado em Moura, Alentejo, a 24 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014
Ver Diário da iniciativa.

Luís Martins é também autor da música do Espaço Participativo MOURA CIDADE E TERRITÓRIO.

Gonçalo Lampreia – Sons de Carrilhões

Gonçalo Lampreia – “Sons de Carrilhões” de João Pernambuco
A Música portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1021
Gravado em Moura no Hotel de Moura, hoteldemoura.com, a 24 de Junho de 2014
Realizaçâo: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADCMoura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23 a 27 de Junho de 2014
Ver Diário da iniciativa.

DSC03284
DSC03285
DSC03287
DSC03289
DSC03293

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: Gonçalo Lampreia

24 Junho de 2014

As gravações seguem agora no Hotel de Moura, o caravançarai do Tiago, da Telma e da Rosa por estes dias.

O Gonçalo é o próximo convidado. Vem acompanhado da sua guitarra, que afina com a ajuda do tablet. O pátio, de cal branca e azul ultramarino, é o cenário escolhido para vê-lo dedilhar o primeiro tema, com o à vontade que caracteriza os virtuosos. Não há tempo a perder, porque

Brisas do Guadiana – Pastor Alentejano

Brisas do Guadiana – “Pastor Alentejano”
A Música Portuguesa a gostar dela própria | PROJECTO 1018
Gravado em Moura, Alentejo, a 24 de Junho de 2014
Realização: Tiago Pereira
Som: Telma Morna

Produção: ADC Moura | Moura a gostar da sua música e dos seus músicos, 23-27 Junho

Ver Diário da Iniciativa

DSC03268
DSC03269
DSC03274
DSC03276
DSC03277
DSC03278
DSC03281

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: Brisas do Guadiana

24 de Junho de 2014

Dia de feriado municipal. A manhã conserva ainda a frescura da noite chuvosa. Está uma luz bíblica. Há nuvens bem recortadas e outras que se diluem na aguada do azul do céu. Para acabar de compor o cenário, só falta a geometria e a escala ímpares dos Quartéis. O enquadramento é perfeito para o trabalho do Tiago e da Rosa.

A Joaquina Moreira é a mais velha das “Brisas” e a primeira a aparecer. No entanto, precisará de

DSC03282
DSC03295
DSC03299
DSC03300

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos: viola no saco

23 de Junho de 2014

O Tiago Pereira (realização), a Telma Morna (som) e a Rosa Pomar (fotografia) chegam a Moura ao fim da tarde para três dias de gravações da Música Portuguesa a gostar dela própria. Iniciativa que a anfitriã ADCMoura acolhe de braços abertos e a que resolveu chamar, por empréstimo e adequação ao local, Moura a gostar da sua música e dos seus músicos.

Com prenúncio de trovões e chuva tropical no

Cartaz musica poruguesa a gostar dela ppia

Moura a gostar da sua música e dos seus músicos

1.

A ADCMoura pretende desenvolver, entre 23 e 27 de Junho de 2014, uma iniciativa de promoção da música feita e tocada no concelho de Moura, em reconhecimento da diversidade e qualidade dos seus executantes e da importância que esta expressão artística assume no quotidiano e como parte do