O QUE PROPOMOS

O que nos move?

Na ADCMoura, acreditamos que o nosso papel como cidadãos e cidadãs não se esgota no voto, por fundamental que este seja para a democracia. É por isso que vimos propor-lhe este ESPAÇO PARTICIPATIVO | MOURA: CIDADE E TERRITÓRIO, pensado para criar oportunidades de debate e acção colectiva, abertos e apartidários, através dos quais possamos contribuir com as nossas ideias e energias para a construção de um futuro mais sustentável e solidário na cidade e no concelho de Moura.

O desenvolvimento duma cidadania participativa informada e responsável é essencial à construção duma sociedade simultaneamente mais proactiva e menos vulnerável face aos acontecimentos globais, podendo constituir um recurso importante para a geração de soluções locais, de natureza social, ambiental e económica, capazes de aumentar a resiliência do território, como nos demonstram tantos exemplos a que a crise mundial actual acabaria por conferir justa visibilidade e relevância.

Sabemos que não é fácil construir novas formas de pensar e agir (nalguns casos trata-se, afinal, de reavivar práticas tradicionais, que as dinâmicas económicas e sociais dominantes nas últimas décadas foram menosprezando e fazendo desaparecer!), nomeadamente as que se sustentam em princípios e processos colaborativos e solidários, mas também sabemos da importância de que se reveste cada pequeno passo que se dá nesse caminho, como os que pensamos constituírem as actividades aqui propostas.

E sobretudo contamos consigo!, que quer viver e/ou trabalhar no nosso concelho e assume a responsabilidade de contribuir para que este seja um território de oportunidades, onde as gerações actuais e futuras possam encontrar o seu lugar, desfrutando de qualidade de vida, em todas as suas dimensões.

 

Quais são os nossos objectivos com este projecto?

Queremos continuar a trazer contributos relevantes para a ampliação da participação cívica e da consciência colectiva local sobre as questões do desenvolvimento sustentável do nosso território, através de um conjunto inicial de actividades – desejavelmente repercutidas em muitas novas iniciativas! – que nos permitem, para já:

– conhecer melhor a cidade e o concelho
– contactar com boas práticas em desenvolvimento noutros territórios
– debater ideias e propostas
– desenvolver competências pessoais e colectivas
– dinamizar a construção de processos colaborativos

Aproveitaremos também este espaço virtual para a partilha de reflexões, ligações a projectos com interesse, documentos, etc., nas múltiplas temáticas convocadas para este processo, no sentido de irmos construindo sintonias, em pensamento, em sentimento, susceptíveis de gerarem projectos comuns, na senda do progresso societário e consequentemente do bem-estar de todas as pessoas que vivem e trabalham neste território.

 

Que actividades propomos?

A proposta ESPAÇO PARTICIPATIVO | MOURA: CIDADE E TERRIÓRIO não se circunscreve às actividades agora apresentadas, sendo nosso desejo manter viva uma plataforma permanente para a promoção e exercício da participação cívica e da dinamização de projectos colaborativos, quer a título individual, quer através das empresas e outras organizações, onde caibam novos projectos ligados a estes objectivos, sejam eles ou não da iniciativa da ADCMoura. Temos, neste aspecto, como resultado muito desejado com este processo a consolidação duma rede de cidadania alargada e autónoma, capaz de por em prática um amplo e diverso conjunto de acções colaborativas e solidárias.

Dada a oportunidade, em concreto, criada pela nossa participação como entidade parceira no desenvolvimento do Plano de Intervenção no Centro Histórico de Moura (Nota 1), propomos então para o seu arranque (Nota 2):

Visitas guiadas | passeios por Moura, guiados por residentes locais
Moura ao Café | momentos de debate com a cidade e o território de Moura em pano de fundo
Projectos em conjunto | oportunidades para a construção de propostas ou a dinamização de projectos colaborativos
Ateliês de ideias | sessões de criatividade, para desenvolver projectos individuais ou colectivos
Oficinas Temáticas | sessões de curta duração, para contacto com boas práticas em áreas ligadas ao desenvolvimento do comércio e do turismo e à reabilitação/ conservação de edifícios antigos (nomeadamente no centro histórico de Moura)

A valorização do Centro Histórico da Cidade, aqui particularmente visada, é então tida como pretexto para para se apoiar, junto das pessoas, empresas e outras organizações, a promoção de práticas consentâneas com o que tomamos como “valores de futuro”, em que se incluem participação, solidariedade, proximidade, inclusão, cooperação, responsabilidade social, igualdade de oportunidades… ao serviço do desenvolvimento do território, aqui naturalmente incluindo a iniciativa económica.

Algumas das actividades apresentadas decorrem da articulação entre o ESPAÇO PARTICIPATIVO| MOURA: CIDADE E TERRITÓRIO e uma segunda operação sob responsabilidade da ADCMoura, inscrita no referido Plano de Acção e designada por EMPREENDEDORISMO, onde se inclui a constituição do Núcleo PROVE de Moura e ainda a RAIL – Rede de Apoio à Iniciativa Local. Com esta, pretende-se desenvolver um sistema multidimensional de apoio à iniciativa alicerçado na cooperação estratégica das entidades que intervêm no território em áreas de complementaridade, nestas matérias.

 

Entidade Promotora   |   Financiamento

logos parcerias

O Projecto é financiado através do Regulamento Política de Cidades – Parcerias para a Regeneração Urbana/ INAlentejo / FEDER.

 

(Nota 1) O Plano de Intervenção no Centro Histórico de Moura, coordenado pela Câmara Municipal de Moura, é constituído por um conjunto de Operações, autónomas embora interligadas, promovidas pelas diversas entidades parceiras. Neste âmbito, a ADCMoura propôs e desenvolve as Operações ESPAÇO PARTICIPATIVO| MOURA: CIDADE E TERRITÓRIO e EMPREENDEDORISMO.

(Nota 2) O financiamento referido ocorre até final de 2013, o que significa que muitas das actividades propostas (designadamente as Oficinas) acontecerão nos próximos meses. A proposta ESPAÇO PARTICIPATIVO, enquanto plataforma de comunicação e acção ao serviço da iniciativa cidadã, manter-se-á após o projecto, assim como os processos colaborativos entretanto encetados.