olá

Agosto 2022
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Alecrim-rasteiro

Rosmarinus officinalis L. ‘prostratus’

nomes vulgares

Alecrim-rastejante, alecrim-pendente, alecrim-rasteiro, alecrim-anão.

espécie

Rosmarinus officinalis

variedade

prostratus

género

Rosmarinus

família

Lamiaceae

origem

Região mediterrânica.

distribuição geográfica

Planta arbustiva vivaz do litoral mediterrânico, sendo sobretudo utilizada em jardinagem.

características genéricas

Planta subarbustiva vivaz, de pequeno porte, atingindo no máximo 60 cm de altura, com hastes prostradas arqueadas com até cerca de 2 m de extensão.

Folhas verde-escuras muito aromáticas e flores azuladas.

época de floração

De Março a Setembro.

habitat

Terrenos secos e pobres, principalmente calcários, bem drenados, associados a ambientes soalheiros.

partes utilizadas

Folhas, partes aéreas floridas e óleo essencial destas.

usos medicinais

O óleo essencial extraído directamente das folhas é utilizado para prevenir úlceras, tratar dores reumáticas e lombalgia.

Devido às suas propriedades anti-sépticas, o alecrim pode ser aplicado como decocção em feridas e como agente cicatrizante.

É utilizado ainda em fricções como um estimulante do couro cabeludo, para estimular o crescimento do cabelo e prevenir a calvície (alopecia).

A infusão de folhas de alecrim alivia a tosse e é boa para o fígado e para parar os espasmos intestinais.

Em infusão, promove a circulação e diminui o endurecimento arterial como uso tópico e é eficaz para depressões leves, enxaquecas e dores de cabeça.

usos culinários

É amplamente utilizado como condimento.

Alguns ramos colocados em azeite proporcionam um excelente tempero para pratos e molhos de carne, especialmente de borrego, porco, frango e peru.

Também é usado para assar batatas e em molhos de tomate.

outros usos

É usado como cosmético em perfumes e enxaguamento capilar.

Destaca-se ainda o seu uso ornamental (em jardinagem, bouquets, pomares) e doméstico (galhos frescos colocados nos quartos afastam os insetos e aromatizam o ambiente).

curiosidades

Na jardinagem, é utilizada como arbusto para rochedos e jardins secos; também como planta para sebes e bordaduras.

Foi usada durante séculos atrás para melhorar a função mental e fortalecer a memória.

precauções

Não é recomendado para pessoas que sofrem de ataques epilépticos.

Além disso, também é contra indicada durante os períodos de gestação e lactação, devido à sua forte composição química.

bibliografia

CUNHA, A. Proença da; RIBEIRO, José Alves; ROQUE, Odete Rodrigues, Plantas Aromáticas em Portugal – caracterização e utilizações, 2ª ed., FCG, Lisboa, 2009.

MCVICAR, Jekka, O poder das ervas aromáticas, Civilização Editores, Porto, 2003.

VALAGÃO, Maria Manuel (org), Natureza, Gastronomia e Lazer – plantas silvestres alimentares e ervas aromáticas condimentares, Edições Colibri, Lisboa, 2009.

nota

A ADCMoura não se responsabiliza por nenhum efeito adverso do uso da planta.

Comments are closed.