olá

Outubro 2020
S T Q Q S S D
« Ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

José Francisco Amaro

CADEIREIRO

José Francisco Amaro, mais conhecido por ti Rainha, nasceu em Amieira, concelho de Portel, em 1911. Se fosse vivo, teria, portanto, 109 anos. Ainda jovem,

José Campaniço do Carmo

CESTEIRO

José Campaniço do Carmo nasceu em Safara e tornou-se, nos últimos anos de vida, fazedor de cestos a tempo inteiro, que “armava” no “casão da mó”, na rua da República,

Francisco Maria de Sousa

LATOEIRO

Bebe um trago de cerveja, sem pressas, como se precisasse da demora para se revelar, numa sala acanhada do nº 2 da rua da Saudade, em Moura. Pousa a garrafa em cima da televisão e respira fundo

Solange Romana Ângelo Raposo

TRAPOLOGIA

Nasceu em Safara, em Maio de 1932. Ainda miúda, aprendeu a arte da trapologia com a tia Maria do Carmo (a Angerinha), nos intervalos em que ajudava o pai

José Ganhão Fernandes

CADEIREIRO

Nasceu em Amareleja, em Novembro de 1925. Ainda novo, cruzou o Ardila para se fixar em Safara, onde era conhecido por “ti Caixinhas”, o artesão das cadeiras. Aprendeu a arte sozinho,

António Francisco Perfeito Lima

CADEIREIRO, CESTEIRO, ARTESÃO DE ARTIGOS DE PELE E CORTIÇA 

Nasceu em Safara, em Abril de 1957. Perfeito de apelido e perfeito na execução e acabamento de muitas dezenas de peças, das mais distintas artes, em que já deixou a sua assinatura: cestos, cadeiras de buinho,

20604644_1769999899684530_8831198144856031727_n
20638265_1770060146345172_3373467391110496074_n
20664629_1770011429683377_48643162102945075_n
20638725_1770013339683186_1970957461273122019_n
20621296_1770055809678939_802092347755521124_n
20622004_1770013773016476_6792729653053772207_n
20604481_1770009563016897_8752295127813048068_n
20604203_1770019909682529_2036073576559221396_n
20638643_1770009009683619_8362286650863518773_n
20604440_1770019119682608_2480803943150578087_n
20663752_1770010473016806_1303446176263129505_n
20621831_1770017259682794_138329925310368955_n
20664110_1770010976350089_686618411388620841_n
20621894_1770018626349324_7121676908421811053_n
20664582_1770011863016667_2059612342572271672_n
20621298_1770014753016378_110075028392689116_n
20664178_1770008403017013_5669712817290808161_n
20597482_1770019513015902_2950562563549284510_n
20622037_1770006519683868_784808735263335683_n

Barco de Tábuas do Guadiana

À boleia deste tempo quente, navegar é preciso…num BARCO DE TÁBUAS DO GUADIANA! Lembrando um projecto da ADCMoura iniciado em 2000 com a criação da Escola-Oficina de Construção Naval de Amareleja e concluído quatro anos mais tarde com o lançamento