olá

Janeiro 2022
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Manjerona

Origanum manjerona L.

nomes vulgares

Manjerona-inglesa, manjorana, majarona (Açores), ourégãos (Madeira).

espécie

Origanum manjerona

género

Origanum

família

Lamiaceae

origem

Nativa da região mediterrânica e Próximo Oriente.

distribuição geográfica

Cultivada nas zonas temperadas e quentes.

características genéricas

Planta de pequeno porte, de 40 a 60 cm de altura, vivaz, semi-rústica, sublenhosa, com folhas verde-claras, muito aromáticas, e flores brancas.

época de floração

De Julho a Setembro.

habitat

Locais de clima quente e solos não demasiado ácidos.

partes utilizadas

Sumidades floridas e óleo essencial destas.

usos medicinais

As sumidades floridas, pelo óleo essencial, têm propriedades estimulantes, antiespasmódicas e digestivas.

Por via externa, é usado como anti-séptico (urinário) e cicatrizante.

Sob a forma de fumigações ou inalações do óleo essencial, utiliza-se no tratamento de bronquites crónicas e sinusites.    

Por via tópica, o óleo essencial, normalmente diluído num óleo fixo, em massagens nas dores musculares e inflamações osteoarticulares.

A infusão de majerona é eficaz no tratamento de constipações, dores de cabeça e insónias, além de ter um efeito calmante sobre os nervos.

Ainda sob a forma de infusão, é utilizada em lava-pés, para refrescar pés fatigados: usar um punhado de folhas frescas ou secas e deixar em infusão 10 minutos.

As folhas mastigadas aliviam temporariamente a dor de dentes.

usos culinários

As sumidades floridas usam-se como condimento em charcutaria e saladas, sendo o óleo essencial mais usado na aromatização industrial de alimentos pré-preparados e de molhos.

Também empregue na obtenção de licores.

outros usos

O óleo essencial é usado na aromatização industrial de alimentos pré-preparados e de molhos.

Também se emprega no fabrico de licores.

Planta utilizada como ornamental, em jardinagem.

curiosidades

A palavra que designa a família a que pertence a manjerona, isto é origanum, vem dos termos gregos oros, “montanha”, e ganos “alegria e beleza”, daí o seu significado: ser a “alegria da montanha”.

precauções

Não usar o óleo essencial por via interna durante a gravidez, a lactação, em crianças menos de 6 anos ou em doentes com problemas gástricos.

Não usar externamente em crianças menores de 6 anos nem em pessoas com alergias respiratórias.

O uso continuado da planta (mais de 2 semanas) pode provocar cefaleias e sonolência.

O óleo essencial, em doses não terapêuticas, pode provocar cefaleias e espasmos musculares e, externamente, produzir irritação das mucosas e bronco-espasmos.

bibliografia

CUNHA, A. Proença da; RIBEIRO, José Alves; ROQUE, Odete Rodrigues, Plantas Aromáticas em Portugal – caracterização e utilizações, 2ª ed., FCG, Lisboa, 2009.

MCVICAR, Jekka, O poder das ervas aromáticas, Civilização Editores, Porto, 2003.

VALAGÃO, Maria Manuel (org), Natureza, Gastronomia e Lazer – plantas silvestres alimentares e ervas aromáticas condimentares, Edições Colibri, Lisboa, 2009.

nota

A ADCMoura não se responsabiliza por nenhum efeito adverso do uso da planta.

Comments are closed.